Departamento Pessoal no Brasil

Archivo de 'Rotinas'

Departamento Pessoal Salário


Departamento pessoal, o salário varia de acordo com a sua formação. Os salários para auxiliares e assistentes com nível médio varia de mil e cem reais, podendo alcançar quase os dois mil e trezentos reais. Para o cargo de analista, com ensino superior ou pós-graduação e mestrado o salário fica em torno dos cinco mil reais, podendo alcançar em alguns casos até quinze mil reais.

Se quer ganhar um bom salário, tudo que precisa fazer é se qualificar para poder pleitear um cargo melhor que ofereça mais. Um curso superior em Gestão de Recursos Humanos é encontrado em várias faculdades e universidades privadas. Entre as disciplinas de um curso superior se encontra: Filosofia e relações humanas nas organizações; Estrutura, processo e comunicação organizacional; Tendências e influências ambientais sobre as organizações; Gestão da folha de pagamento e benefícios; Processos trabalhistas e relações sindicais; Ética e qualidade de vida no trabalho; Seleção, remuneração e carreira profissional; Pesquisa e diagnóstico organizacional; Desenvolvimento de pessoas e educação corporativa; Planejamento estratégico e gestão avançada de Recursos Humanos; Gestão de projetos de mudança; Empreendedorismo e consultoria em Recursos Humanos. O estágio não é obrigatório, mas interessante fazer. É um curso relativamente barato nas faculdades privadas e tem uma menor duração, já que é um curso tecnológico. Vale a pena investir, se isso pode aumentar o seu salário em duas ou três vezes.

Há também cursos para técnicos, alguns gratuitos, outros custam pouco. O site DP Online no Webnode tem um curso também, que é dividido em seis módulos e é disponibilizado em formato PDF. O conteúdo é atual, as imagens são coloridas, tem organogramas ilustrativos, seiscentos e cinqüenta exercícios com gabarito, exemplos com explicação, legislação anexa, tabelas, formulários, guias e modelos de documentos tanto da área trabalhista quanto da área previdenciária. O curso dura noventa dia, cento e oitenta horas de aula que são contados a partir do dia seguinte após a confirmação o pagamento. O material didático é enviado por email.

Há vários cursos de Departamento Pessoal Online como o da Prime Cursos que tem certificado é reconhecido em todo o país. O curso é online, então está aberto todas as horas do dia e todos os dias da semana. É possível tirar dúvidas via Chat. O curso é ideal para quem não tem tempo, mas necessita incrementar o currículo.

O site DP Online no Webnode tem um curso também, que é dividido em seis módulos e é disponibilizado em formato PDF. O conteúdo é atual, as imagens são coloridas, tem organogramas ilustrativos, seiscentos e cinqüenta exercícios com gabarito, exemplos com explicação, legislação anexa, tabelas, formulários, guias e modelos de documentos tanto da área trabalhista quanto da área previdenciária. O curso dura noventa dia, cento e oitenta horas de aula que são contados a partir do dia seguinte após a confirmação o pagamento. O material didático é enviado por email. Eles disponibilizam gratuitamente o download do quinto módulo sobre rotinas e práticas trabalhistas. O curso custa oitenta reais é pago através do Pag Seguro, pode ser dividido em doze vezes no cartão de crédito (Visa, Mastercard, Diners Club, American Express, Elo, Hipercard, Aura, Plenocard, Personalcard, Brasilcard e Oi Paggo).

O Portal Power possui um curso completo que custa trinta e cinco reais. Estão no programa do curso muitos conteúdos importantes: Folha de pagamento, férias, rescisão, encargos sociais, correspondências utilizadas em um Departamento de Pessoa, Dicas para departamento de pessoal, dicas para departamento pessoal, procedimentos para fiscalização, procedimentos para seleção, CIPA, PCMSO, PPRA, formulários, direito do trabalho, identificação profissional, terceirização, documentação, PIS, PASEP, jornada de trabalho, compensação de horas, trabalho noturno, entre outros.

Para pleitear vagas para departamento de pessoal é necessário ter pelo menos o ensino médio completo, conhecimento de informática básica (saber utilizar o sistema operacional Microsoft Windows, o editor de textos Microsoft Word, o editor de planilhas Microsoft Excel, e saber navegar na Internet, pelo menos sabendo utilizar o Internet Explorer), é necessário também ter uma curso de qualificação na área de departamento de pessoal ou de recursos humanos.

Há vários conhecimentos importantes para se ter quando se pleiteia uma vaga em departamento de pessoal como: remuneração, registro de presença, faltas e atrasos, descanso semanal remunerado, intervalos dentro da jornada de trabalho, trabalho do menor de idade, trabalho noturno, adicional noturno, cálculo de hora extra, compensação de horas, jornada de trabalho, documentos de afixação obrigatória, PIS (Programa de Integração Social), PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Públicos), documentação na contratação, terceirização, formas de contratação, identificação profissional, direito do trabalho, a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), adicionais, FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), folha de pagamento, poder disciplinar do empregador, falta grave, décimo terceiro salário, férias, férias coletivas, remuneração durante as férias, rescisão do contrato de trabalho, aviso prévio, homologação, prazos para quitar verbas de rescisão, causas de afastamento, cálculo de verbas rescisórias, insalubridade e periculosidade.

É sempre bom estar qualificado. A Prime Cursos têm cursos de qualificação profissional grátis como o de Departamento Pessoal. O certificado é reconhecido em todo o país. O curso é online, então está aberto todas as horas do dia e todos os dias da semana. É possível tirar dúvidas via Chat. O curso é ideal para quem não tem tempo, mas necessita incrementar o currículo.

O Que É Departamento Pessoal

O conceito de o que é departamento pessoal é simples. Não costuma existir nas empresas menores, mas nas maiores sempre é possível de ser encontrado. Se encarrega de atividades específicas de cuidados dos funcionários que trabalham na empresa, começando na contratação, passando pelo pagamento de salários e férias, chegando até a demissão.

É um departamento que é composto por três setores: Admissão, Compensação e Desligamento. O setor de admissão é responsável por recrutamento e seleção, integração e registro. O setor de compensação é responsável por cuidar da jornada de trabalho, folha de pagamento, benefícios e tributação. O setor de desligamento é responsável por cuidar da rescisão do contrato de trabalho, de problemas envolvendo a Justiça do Trabalho e Fiscalização.

O Departamento de Pessoal lida com muito tópicos: remuneração, registro de presença, faltas e atrasos, descanso semanal remunerado, intervalos dentro da jornada de trabalho, trabalho do menor de idade, trabalho noturno, adicional noturno, cálculo de hora extra, compensação de horas, jornada de trabalho, documentos de afixação obrigatória, PIS (Programa de Integração Social), PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Públicos), documentação na contratação, terceirização, formas de contratação, identificação profissional, direito do trabalho, a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), adicionais, FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), folha de pagamento, poder disciplinar do empregador, falta grave, décimo terceiro salário, férias, férias coletivas, remuneração durante as férias, rescisão do contrato de trabalho, aviso prévio, homologação, prazos para quitar verbas de rescisão, causas de afastamento, cálculo de verbas rescisórias, insalubridade e periculosidade.

Recrutamento Pessoal

Quando uma empresa precisa ampliar seu quadro de funcionários devido ao constante crescimento de seus negócios, a primeira atitude que toma é a de sempre fazer um recrutamento de pessoal, ou seja, realizar um processo para avaliar os possíveis candidatos a fim de encontrar aquele ou aqueles que melhor se encaixem no perfil da instituição. Claro que raramente o dono ou o administrador irá participar deste processo, talvez apenas no final quando só houver poucos finalistas para se realizar uma entrevista pessoal com o objetivo de conhecer melhor o candidato.

Para fazer o recrutamento de pessoal, então, o que a maioria das grandes ou média empresas irão fazer será deixar esta tarefa a cargo dos profissionais que trabalhem na seção de departamento de pessoal, em especial aqueles que atuem na área de admissão de funcionários, pois serão justamente estes profissionais que possuirão a técnica certa de conseguir realizar todo este processo de modo que ao final restem apenas três ou cinco candidatos que o administrador deverá selecionar por si próprio. A técnica utilizada para este processo irá variar de acordo com o perfil de cada instituição, que irá orientar como deverá ser realizada cada etapa.

O recrutamento de pessoal é um ato que assusta a muitos candidatos que estejam precisando da posição ofertada pela empresa, porém é de fato um processo pelo qual todos aqueles que desejem um emprego deverão passar, mesmo que a etapa seja apenas uma entrevista direta com o responsável, de modo que de nada adianta ficar com medo, pois isso só acabará por prejudicar o desenvolvimento deste candidato durante todo o tempo.