O trabalho de auxiliar o departamento pessoal pode ser promissor. Pode ser chamado de Assistente ou Auxiliar, pode ser de departamento pessoal ou de recursos humanos. Basicamente a mesma coisa, cuidar dos trabalhadores desde a admissão até o desligamento.

É importante ter conhecimentos de informática como Windows, Word, Excel e Internet. Também é importante saber sobre rotinas de departamento pessoal, folha de pagamento e ter iniciativa, boa comunicação, comprometimento com prazos e resultados. E vários outros tópicos: remuneração, registro de presença, faltas e atrasos, descanso semanal remunerado, intervalos dentro da jornada de trabalho, trabalho do menor de idade, trabalho noturno, adicional noturno, cálculo de hora extra, compensação de horas, jornada de trabalho, documentos de afixação obrigatória, PIS (Programa de Integração Social), PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Públicos), documentação na contratação, terceirização, formas de contratação, identificação profissional, direito do trabalho, a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), adicionais, FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), folha de pagamento, poder disciplinar do empregador, falta grave, décimo terceiro salário, férias, férias coletivas, remuneração durante as férias, rescisão do contrato de trabalho, aviso prévio, homologação, prazos para quitar verbas de rescisão, causas de afastamento, cálculo de verbas rescisórias, insalubridade e periculosidade, entre outros.

Entre os requisitos mínimos para o emprego estão: Ensino Médio Completo, Curso de qualificação profissional na área, conhecimento de informática, basicamente, Word, Excel, Internet e Windows. Em empresas maiores, pode se requerer diploma universitário na área de Psicologia, Pedagogia, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Ciências Humanas, MBA em Gerência. O menor salário fica em torno de mil e cem reais, podendo chegar até dois mil e duzentos reais, mas para profissionais com nível superior, o salário pode chegar aos cinco mil reais facilmente.